Culebra de cogulla, Macroprotodon cucullatus

A cobra de partida, Macroprotodon cucullatus, é uma espécie de lagarto que forma grupo com a família Colubridae. Macroprotodon brevis e Macroprotodon mauritanicus, eram consideradas subespécies de a cobra de partida mas, recentemente, foram elevadas ao status de espécie.

trata-Se de um réptil de médio porte, com comprimentos meias que vão até aos 50 cm, mas existem exemplares que podem exceder esse comprimento. A cor esta serpente é variável, mas geralmente é composto de um padrão de manchas marrons separadas, com manchas mais claras. A cabeça é mais escura que o resto do corpo, formando ao redor do pescoço, uma espécie de colar, daí a sua denominação comum. Algumas subespécies têm uma coloração fragmentada na cabeça, mesmo que outras chegam a ser totalmente pretas na mesma parte. O rosto fica marcado por uma linha que corre debaixo do olho até a boca e conta com uma íris de cor de cobre.

As fêmeas de Macroprotodon cucullatus tendem a ser maiores que os machos e o número de escamas na barriga diferem entre os sexos. São cobras ligeiramente venenosas.

Distribuição geográfica e habitat

A cobra de partida é endêmica da bacia do mediterrâneo e pode ser encontrada em países como Argélia, Tunísia, Líbia, Egito e Israel. Foi introduzido nas ilhas de Lampedusa, Maiorca e Menorca. Não existem muitos dados de maior distribuição em Portugal, embora tenha relatado populações isoladas que também abrange a metade sul da península.

Este réptil, Macroprotodon cucullatus,, habita uma grande variedade de habitats, incluindo florestas perenes e decíduos, terras de cultivo, pastagens, áreas rochosas e zonas suburbanas. A cobra de partida parece permanecer debaixo de pedras ou em fendas e geralmente se move em intervalos altitudinales de até 1.500 m.

Alimentação da cobra de partida

No que respeita à alimentação da cobra de partida foi descrito como uma espécie noturna, que emerge ao crepúsculo e permanece ativa por toda a noite. Esta espécie de caça ativamente presas como pequenos lagartos, que compõem a maior parte da sua dieta. São venenosas e usam suas presas para injetar o veneno de suas presas.

Reprodução

A cobra de partida tem pequenos papéis que variam entre os 2 e os 6 ovos. Esta espécie se emparelha a cada dois anos. Acredita-Se que os meses reprodutivos ocorrem no final da primavera, sobre a meados do mês de abril.

Nome comum

Cobra de partida, em inglês False Smooth Snake.

Conservação. Distribuição geográfica

Macroprotodon cucullatus, cobra de partida, é uma espécie que se encontra classificada como de menor preocupação pela IUCN. Algumas populações locais encontram-se em declínio devido, principalmente, à intensificação da agricultura e a degradação do habitat. Também são introduzidas no mercado de animais de estimação.

Em alguns países do norte de África, como Egito, a intensificação do turismo e a degradação do habitat têm causado impacto para os números das populações. São Igualmente sensíveis a áreas com abundância de javali.

Taxonomia. Classificação de Macroprotodon cucullatus

Domínio: Eucariontes, organismos com células eucarióticas.

Reino: Animalia, animais, tecidos, organismos pluricelulares, heterotróficos e com a presença de tecidos.

Filho: Chordata, cordados.

Subfilo: Vertebrata, com esqueleto interior.

Tipo: Reptilia, répteis vertebrados revestidos de escamas. Em português, pode-se assumir, denominação moderna.

Orden: Squamata, escamosos.

Suborden: Serpentes, serpientes.

Família: Colubridae, cobras e afins.

Género: Macroprotodon

Especie: Macroprotodon cucullatus. Geoffroy saint-hilaire, 1827

Sinônimos:

  • Cobra cucullatus
  • Coronella cucullata
  • Coronella textilis
  • Lycognathus cucullatus
  • Lycognathus textilis
  • Macroprotodon textilis
  • Psammophylax cucullatus
  • Psammophylax cucullatus

Referências consultadas:

Pleguezuelos e Feriche (1998); Carranza (2004), Wade (2001); Crochê & Dubois (2004); C. Corti, V. Pérez-Mellado, P. Geniez, Sherif Baha O Din, I. Martínez-Solano, R. Sindaco, Antonio R. (2009), Mark OShea e Tim Halliday, (2002).