Vômito em gatos, informações e dicas

Gatos Paradais Sphynx

Informações sobre os gatos, os seus cuidados e saúde, raças de gatos, genética felina. Fotos e vídeos.

Cabeçalho Direito

  • Animales
  • Perros
  • Centenas de
  • Répteis
  • Anfibios
  • Aves
  • Peces
  • Mamíferos
  • Sphynx
  • Perro pelo pecado
  • Invertebrados
  • Naturaleza
  • Viajes

Autor: Estefany Branco. Veterinária, zootecnista Deja un comentario

nesta página sobre gatos

  • 5.1 Mais informações sobre gatos, água, cuidados…

Uma variada quantidade de problemas são os que podem causar vômito em gatos, por isso, falar deste tema será apenas uma orientação, não se esqueça de que sempre o apoio com o médico veterinário é o melhor para preservar a saúde de seu gato.

Dependendo da apresentação que tenha o vomito em gatos, pode-se assumir, se estamos diante de um verdadeiro problema relacionado com a saúde do felino. Quando o câncer se apresenta de maneira casual e tem conteúdo, como bolas de pêlo, não tem de ser um problema tão preocupante, mas é necessário estar atento para poder detectar se os vômitos se tornam mais recorrentes e observar melhor a consistência de seu conteúdo.

Causas do vômito em gatos

A natureza do gato é ser muito limpo, como é bem sabido, pelo que, se se chega a acumular cabelo excessivo no interior do sistema digestivo, se verá forçado a expulsar a forma de vômito. O consumo de plantas ou grama do jardim também será um fator que provoque vômito em gatos, pois ao ser irritantes do estômago desencadeiam este tipo de resposta.

ocasiões Em que a dieta desempenha um papel importante, já que existem alimentos que são tóxicos e que não são recomendáveis para os felinos, a título de exemplo temos:

  • Leite
  • Ps
  • .
  • Ossos de pescado, etc.

uma Coisa tão simples como comer rápido demais ou em excesso, ansiedade, ao deixá-los muito tempo sozinhos em casa, podem ser a causa do vômito em gatos, por isso é muito importante chegar a saber a causa, sobretudo se se tiver em conta que, em determinadas ocasiões, o vômito pode ser uma ou no máximo duas vezes e em períodos prolongados, não sendo uma resposta que deve alarmar-se demasiado para o proprietário do gato.

no Caso de problemas mais graves, há causas relacionadas com doenças que se manifestam com vômito em gatos:

  • Parasitoses graves
  • Infecção entérico
  • Gastrite crônica
  • Cólon irritável
  • Diabetes mellitus
  • Obstruções no aparelho digestivo por objetos estranhos, tumores, bolas de pêlo, etc
  • )
  • Trauma no abdômen
  • Afecções cerebrais (tumores, coágulos e inflamação do cérebro)
  • Envenenamento
  • Obstrução de vias urinárias (comum em machos)

Sinais clínicos

Dependendo da causa, o vômito pode ter certas características, quando se trata de vômitos por bolas de pêlo ou pasto, estes serão claramente nos fluidos expelidos minino. Em outras ocasiões, os vômitos em gatos que se pode observar a partir transparentes, amarelos, verdes, espumantes, ter mau cheiro, conteúdo do estômago, comida digerida, presença de parasitas. Quando chega a haver uma obstrução em alguma porção do aparelho digestivo, chegam a observar vômitos sanguinolentos e também matéria fecal de expulsão violenta.

Diagnóstico pelo veterinário

De acordo com o intervalo de tempo entre vômitos, a idade do animal e as características próprias que possa apresentar, deve-se consultar o médico veterinário para que se verifique o mais rápido possível ao felino, já que algumas causas de vômito em gatos já mencionadas podem colocar em risco a sua vida, além de o risco de desidratação e inanição por regurgitações constantes.

Durante a consulta, o médico veterinário costuma reunir toda a informação necessária para tentar encontrar a causa que está a provocar vómitos em o gato. Em se tratando de gatos caseiros é importante descobrir dentro de casa alguma substância que o minino foi capaz de ingerir, já que, em muito casos, é a causa de que o animal apresente uma leve intoxicação, mesmo um envenenamento mais perigoso. Os gatos que vivem livres, isto é, no exterior da habitação, será mais complicado manter um controle, por isso o exame físico e testes de laboratório são de grande ajuda para que o médico veterinário possa descobrir a causa dos vômitos em gatos.

Entre as provas que costumam ser realizados para diagnosticar a causa dos vômitos temos a química sanguínea, biometria hemática (hemograma), medição de eletrólitos, raios-x, ultra-som, ultra-som, análise de fezes, exame geral de urina, lavado gástrico, avaliação toxicológica e laparotomía exploratória.

Soluções diante de vômito em gatos

Se os vômitos não se apresentam de forma constante e não são recorrentes, ou seja, somente se devem a que o gato comeu grama, plantas, seu cabelo, ou sofreu uma ligeira intoxicação alimentar, podem tratar-se de uma forma relativamente fácil. Por exemplo, o veterinário normalmente prescrever medicamentos que protegem a mucosa do intestino, anti-histamínicos e medicamentos para bloquear as toxinas, mudança para uma dieta adequada e balanceada, jejum, até por 12 ou 24 horas, mínimas quantidades de soro oral, desparasitantes, etc

Quando se recorra a uma consulta e o gato é avaliado com muita deshidración, possivelmente será necessário que permaneça em observação veterinária, administrar líquidos como soro que vão ajudar a recuperar os eletrólitos que foi perdido durante os episódios de vômitos.

com base nos resultados das análises e dos estudos realizados, o veterinário pode instituir terapia via intravenosa com medicamentos antieméticos, protetores de mucosa intestinal, inibidores de secreções gástricas, microalimentación, entre outros, para ajudar a que o organismo do gato estabiliza, sobretudo nos casos em que seja necessária alguma intervenção cirúrgica em função da gravidade de que se reveste o animal.

Não se esqueça que para fornecer algum medicamento o gato deve consultar antes de mais nada, o médico veterinário.