Husky siberiano o popular cão de trenó

De deslumbrante beleza, combinando sob um mesmo manto de um can com não poucos traços de lobo, o husky siberiano foi ocupado desde o final do século XX, os postos mais elevados no ranking dos cães mais reclamados de quase todo o mundo.

Originário da Sibéria mais fria, do norte do Canadá e do Alasca, o husky siberiano, tornou-se, apesar de seu caráter próprio dos cães nórdicos, em um companheiro fiel de muitas famílias.

Desde tempos imemoriais foram incansáveis trabalhadores e companheiros das tribos que habitaram Sibéria; atiravam seus trenós, cuidassem de suas propriedades e pastoreavam rebanhos. A força e rapidez com que os husky carregavam os trenós, permitia aos moradores destas tribos chegar aos povos para comercializar seus produtos. Nas décadas de 10 e 20 do século passado, foram notórios concorrentes de corrida de trenós em território norte-americano.

O husky siberiano faz parte dos produtos considerados cães grandes, entre os 54 e 60 cm de altura de cruz nos machos e entre 51-56 cm para as fêmeas. Conta com um corpo compacto, proporcionado e musculado, o que lhe confere um porte leve, mas poderoso. Possui uma camada de pêlos, de comprimento médio, suave e um pouco inclinada. Suas cores abrangem todos os matizes, desde o branco até o preto.

Seus olhos se destacam por sua variedade de exóticos, cores, indo do castanho ao azul, passando pelo âmbar, e até com combinações de duas cores, uma em cada olho. Estes traços rasgados e potentes dotam o husky de uma beleza incomum.

Como é a sua personalidade e o seu caráter?

Seu caráter independente, não o exime de ser um cão afetuoso e amigável, e sobretudo com a sua família; com os estranhos pode ser evasivo e algo distante. É um cão dócil e não costuma gerar problemas com outros cães ou outros animais.

É um cão que apresentará sempre o maior bem-estar e melhor comportamento em locais abertos e ao ar livre, tais como o campo, os parques e montanhas. Igualmente se pode adaptar à vida doméstica, sempre e quando tenha esse espaço de lazer. Dá a sensação de que todos os espaços urbanos restam pequenos.

Como é a saúde do husky siberiano?

Se for cuidado adequadamente, o Husky é um cão de saúde resistente, vive entre 12 e 15 anos, mas pode sofrer de displasia de quadril, algumas afecções oculares ou dermatite. Por se tratar de um animal muito ativo e robusto, a alimentação é essencial para a demanda de sua musculatura e sua vitalidade.

Classificação segundo FCI

Grupo 5, Seção 1, Cães Nórdicos de Trenó.

Outros Nomes

o husky Siberiano.