O que fazer quando seu cão tem gengivas sensíveis

os cães, como os humanos, podem sofrer de distúrbios na boca. Uma das mais comuns é a periodontite, que é causado a partir de o’acúmulo de placa bacteriana e tártaro nos dentes. Hoje vamos falar sobre os cães com gengivas sensíveis.

Quando seu cão tem gengivas sensíveis

L’inflamação da gengiva é um problema que aparece no cão adulto, geralmente a partir de três anos de idade, e é mais frequente em raças de pequeno porte.

Para evitar que o problema tem consequências mais graves, até mesmo a perda de dentes, além de uma boa higiene oral, você precisa prestar atenção a sinais e sintomas. exemplo:

  • Inflamação, sangramento, inchaço ou retração da gengiva.
  • Acumulação de pus entre os dentes.
  • mau Hálito.
  • Dor na mastigação (um sinal é, por exemplo, uma maneira incomum em o’agarrar o alimento com os dentes, ou falta de apetite).

os cães, como os humanos, podem sofrer de várias doenças da boca. Uma delas é que a l’inflamação da gengiva, causada principalmente pela placa bacteriana e tártaro nos dentes.

Os diferentes estágios de periodontite

Conforme já mencionado, o a periodontite é a doença periodontal mais comum em cães. Ele vem em três etapas:

    «

  • a Gengivite. É um’inflamação da gengiva causada de o’excesso de placa bacteriana. Neste caso, o problema é leve e pode ser resolvido com uma escovação regular e o cuidado com os dentes.
  • «

  • os primeiros e Periodontite moderada. Esta é a fase em que aparecem os chamados bolsas periodontais. Você pode perceber a presença de pus entre os dentes, as gengivas, recuou e a mobilidade de alguns dentes.
  • «

  • Periodontite grave ou com pyorrhea. Em quest’a última fase, o cão corre o sério risco de perder os dentes, além de ter um aumento de bolsas de pus e mau hálito. Em seu mais avançado estágio, com pyorrhea pode causar outras doenças que afetam os principais órgãos, como o fígado ou os rins.

o Que fazer se o seu cão tem gengivas sensíveis

Se você suspeitar que seu amigo de quatro patas para ser parte do clube de cães de gengivas sensíveis, consulte o veterinário. Vai ser capaz de fazer um diagnóstico correto e aconselhá-lo sobre como lidar com este problema.

Por exemplo, eu vou explicar como escovar corretamente os dentes do cão, e vai recomendar um ou mais produtos específicos.

É possível que exista conselho também alguns alimentos que podem ajudar a manter mais limpa os dentes do cão, ou um suplemento vitamínico. Se o considerarem necessário, ele também pode executar uma limpeza profunda dos dentes.

mais Algumas informações sobre a gengiva de cães

por favor, note que a cor e a textura da gengiva de seu animal de estimação também são um indicador de boa ou má saúde.

A gengiva de um cão deve ser cor-de-rosa, úmido e macio ao toque. Todas as alterações podem indicar um problema mais ou menos graves, do que, em cada caso, exige uma visita ao veterinário.

As seguintes cores requerem atenção médica imediata:

    «

  • gengivas pálidas, poderia ser o resultado de desidratação, anemia, má circulação ou envenenamento.
  • Se você estiver avermelhada, a causa pode ser uma’infecção, lesão’dentro da boca ou um golpe de calor.
  • «

  • Um tom azulado indica uma falta de oxigênio e o risco de asfixia.
  • Gengivas que são amarelas indicam uma possível hepatite.

Como cuidar da gengiva do cão

Como sempre, a prevenção é melhor do que remediar. Aqui estão algumas dicas: