O vômito de cachorro: o que fazer se isso acontece com muita frequência?

Se o seu cão tem pouco frequentes episódios de vômitos sem apresentar outros sintomas de doença no c’não é nada para se preocupar, o problema se resolve simplesmente por fazer algumas alterações em sua dieta. as coisas mudam, se isso acontecer muitas vezes. Neste caso, você precisa visitar l’de animais como o mais rapidamente possível. O veterinário pode identificar a causa e ele irá mostrar-lhe a terapia mais adequada à situação.

o que fazer se o cão vomita com freqüência

partimos do pressuposto de que o vômito é um sinal de que algo não está a funcionar perfeitamente em o’o corpo do cão. o geralmente isso acontece quando l’amigo de quatro patas tem comido demasiado ou demasiado rapidamente, mas a base também pode ser um estado de doença.

Por esta razão, é importante para determinar o que faz você se sentir mal para que seu cão muitas vezes. Desta forma, você pode ajudar a criança a superar ou melhorar a situação.

Coletar uma amostra do vômito para analisar desde o veterinário pode ajudar a diagnosticar o problema mais rapidamente e, em seguida, para intervir antes.

Se o seu cão vomita com freqüência, é necessário contactar o seu veterinário, para que você possa encontrar a causa – às vezes, graves – e prescrever o melhor tratamento.

Em caso de vômitos freqüentes, pagar a atenção para a desidratação

Quando um cão vomita com freqüência, independentemente da causa, é essencial para mantê-lo hidratado. o desidratação, na verdade, é um dos menores problemas que possam surgir.

Por esta razão, colocar à disposição do cão abundância de água fresca. No entanto, não devemos forçá-lo a beber. Deixe-a para definir.

Claramente, não é suficiente para dar ao cão um medicamento contra o vômito é: é essencial para intervir na causa.

Em qualquer caso, aqui estão algumas informações que irão ajudar você a evitar que o vômito do seu cão é sempre que todos os’a fonte não é uma doença que requer tratamento específico.

o Que fazer nesses casos

Entre as medidas que podem ser tomadas quando o cão sofre de regurgitação freqüente, lembre-se:

    «

  • Não fazer mudanças drásticas na sua alimentação. Por exemplo, não mude de marca ou tipo de comida do dia-a-dia’para o outro, mas, gradualmente, em ordem a permitir que o seu corpo se acostumar com isso.
  • «

  • Verifique se você não tem parasitas, interno ou externo, e, no caso de agir imediatamente.
  • «

  • Evitar excessos. Não mudou a quantidade de comida habitual, com as refeições extra, ou muitos prêmios. E não se entregue às suas solicitações como agressivo ou doce, seja você de alimentação ou o que você está colocando na boca.
  • «

  • Verifique se você não ingerir resíduos vindo do lixo ou da estrada.
  • «

  • certifique-se de que você não tem acesso a qualquer tipo de substância tóxica – dentro ou fora de sua casa – que podem envenená-lo.

Doenças que podem causar vômitos em cães

Quando o cachorro olhando para a l’de grama, é um sinal claro de que ele está tentando vomitar para aliviar o desconforto digestivo. Se ele faz isso muitas vezes, levá-lo ao veterinário para entender o que está acontecendo. Poderia ser uma forma de alergia alimentar que faz com que ele se sinta mal. Neste caso, você precisará certificar-se de que o que está sendo liberada.

no Entanto, há mais do que um motivo, alguns graves, que podem levar o nosso amigo de quatro patas para vomitar continuamente. estes incluem:

  • Vírus (parvovírus, cimurro, coronavírus).
  • Feridas ew stomaco

Outros sinais alarmantes ligado ao vômitos persistentes

Em todo o caso, não fique com a dúvida. Consultar um profissional para determinar que a causa é. A necessidade de uma visita torna-se urgente quando l’animal:

  • mostra de chuva
  • apetite.
  • Não quer beber a água.
  • Tem o estômago inchado.
  • Tem vestígios de sangue no seu vômito.
  • febre.

Em uma dessas situações, por favor, não hesite em agir de forma responsável. Seu amigo obrigado.