Bufidos dos gatos, tipos e causas

Os animais, devido a sua falta de fala para se comunicar, emitem sons que sempre querem dizer ou transmitir algo. Por exemplo, os bufidos dos gatos. Como dizemos bufidos, também podemos dizer ruídos, já que são variados os que emitem.

Entender o que quer dizer-nos o nosso gato através destes, é muito importante para compreendê-los e fortalecer o nosso vínculo com ele. Vejamos, então, os diferentes sons e o que quer trasmitirnos.

Os bufidos dos gatos e outros sons

Já sabemos que os gatos, assim como outros animais, precisam emitir sons e fazer movimentos para poder comunicar-se. Devemos sempre nos lembrar que eles também têm necessidades e emoções que precisam transmitir para aqueles com quem partilha a vida.

Por isso, é normal que o seu animal emita sons ou movimentos com os que lhe dizer algo. Saber o seu significado te ajudar a melhorar a convivência com seu animal de estimação e a estreitar seu vínculo com ela.

Diferentes sons

Os sons que se ouvem abrangem vários tipos:

Murmullos

Em que estes se podem contar o purr e o som que eles fazem com a garganta quando chegamos a casa. Normalmente, mesmo que se ouvem, são sons que são feitos com a boca fechada e que indicam uma sensação agradabilidad e de estar a gosto.

O ronronar é algo inato em si, pois o fazem desde que são pequenos e sua mãe também emite este som como um símbolo de proteção.

Este é um som muito utilizado durante o acasalamento, o acasalamento ou em emoções tão distantes entre si como a alegria ou o estresse.

Sons forçados

Entre estes podemos dizer que são:

  • Grunhidos. Quando um gato grunhe, sem dúvida quer nos fazer ver que não está contente em absoluto, e é muito possível que até possa chegar a agredirnos.
  • Siseos. Normalmente, estes são gerados por raiva ou porque estão na defensiva. É uma forma de nos dizer que nos deixem a sós, pois é o que preferem no momento.
  • Bufidos dos gatos. Este é emitido quando o gato se sente ameaçado, e, embora ele pode parecer um pouco o silvo, é fácil de diferenciar, já que é mais forte e explosivo.

Sons vocais

Estes são os que se fazem emitindo sons com a boca, como, por exemplo, a glória, que é característica dos felinos: miau.

Os gatos normalmente maúllan por necessidade de água ou alimentos no caso de mia normais longos. Quando estes são curtos e repetidos, é possível que seja pela dor.

Outras formas de comunicação dos gatos

Como dissemos no início, não apenas os sons são a forma de se comunicar dos gatos. Também usam outros meios que acreditamos necessário comentar brevemente.

  • Linguagem corporal. de Acordo com o tipo de postura que o gato pegue com o corpo ou partes deste, nos quer transmitir uma ou outra coisa. Por exemplo, com as orelhas erguidas nos avisa que está alerta, enquanto que se vão adiante é porque tem algum problema. Seu cabelo espetados nos adverte que se sente ameaçado.
  • Sua cauda. A cauda de um gato tem muito a nos dizer de acordo com as formas e posturas que esta adota. Uma cauda erguida, que fica ondulado dão prazer, enquanto que a curva demonstra raiva. A cauda para baixo, mas dura denota medo.

Como você vê, existem muitas maneiras de conseguir entender um pouco mais a seu gato e desse modo melhorar a convivência e estreitar sua relação.

Para isso, você deve primeiro aprender o que significa cada som e o gesto de seu felino, e, mais tarde, estar atento aos seus movimentos para poder identificar o que quer dizer que em cada momento. Com um pouco de esforço da sua parte, você poderá entender melhor seu gato e ajudar em tudo que precisar.

Guardar